Comissão de Coleções Sistêmicas

Fundamentos

Pela importância que as coleções mastozoológicas mostram na pesquisa, é necessária a criação de uma Comissão de Coleções Sistêmicas com a finalidade de assessorar as instituições sobre o manejo, conservação e crescimento das mesmas. Assim, a comunidade de mastozoólogos terá garantida a correta conservação dos exemplares depositados.

Objetivos

  • Planificar uma política de manejo padrão em todas as coleções nacionais.
  • Estimular e apoiar desde a plataforma de nossa Sociedade, a busca e obtenção de fundos e subsídios para um desenvolvimento gradual das coleções.
  • Favorecer o intercâmbio de informação entre instituições, pesquisadores e estudantes.
  • Estimular o desenvolvimento de campanhas de coleção de espécimes que vão permitir aos museus argentinos ter representadas todas as taxas presentes no país, cuidando de não alterar o status das espécies em perigo.
  • Definir lineamentos de manejo e uso das coleções, de acordo com as técnicas e métodos modernos.

Organização sugerida

Esta comissão vai estar integrada por um membro responsável, em contato direto com a Comissão Diretiva, e por um membro assistente, preferentemente do mesmo Estado, para facilitar a comunicação entre eles.

Além disso, os dois membros vão nomear seus colaboradores de diferentes Estados e países, para permitir um intercâmbio de informação mais fluido.

Funções

A principal função da comissão é assessorar as coleções sobre o manejo, conservação e crescimento das mesmas.

Deve obter informação básica sobre o estado e conteúdo de cada coleção mastozoológica argentina a traves de questionários anuais. Essa informação deve ser acessível a qualquer associado que a solicite.

A documentação deve ser arquivada em uma área que garanta sua perdurabilidade no tempo. Uma copia deve ser enviada à Comissão Diretiva.

Coleção mastozoológica

Coleção mastozoológica de espêcies neotropicais

Tarefas

Diagnostico do estado atual das coleções na Argentina, com a finalidade de conseguir um bom diretório das mesmas e de suas principais áreas de carência.

Membros

Pablo Teta (responsável), Guillermo H. Cassini, J. Benjamín Bender y Gabriel Martin.